Hoje é dia de rock, baby! #JoyEJulhoTodoDia13

Hello my friends! Hoje estou mais agitada do que o costume porque não consigo parar um minuto, balançando a cabeça e a perna no ritmo de cada música que passa pela minha playlist especial do rock. Vamos agitar o esqueleto minha gente!

3

Mas antes, vamos entender um pouquinho dessa história e saber quando tudo começou!

“Esta data é uma homenagem ao estilo musical do Rock n’ Roll, que revolucionou a música e o comportamento social da juventude em meados do século XX. Um gênero musical composto por várias influências diferentes, até mesmo antagônicas, mas que continua com o mesmo propósito original de “liberdade” e “expressão”.

Em 13 de julho de 1985 acontecia o Live Aid, um show simultâneo em Londres, Inglaterra, e na Filadélfia (EUA). Com o propósito de conscientizar a população mundial sobre a pobreza e a fome na Etiópia e contou com a presença de The Who, Status Quo, Led Zepplin, Madonna, Queen, David Bowie, Rolling Stones, Scorpions, U2, Paul McCartney, Phil Collins, Eric Clapton, Black Sabbath, entre outros.

Mas o que pouca gente sabe, é que apesar de ser chamado como “Dia Mundial do Rock”, a data é comemorada apenas aqui no Brasil, através de uma campanha promovida por duas rádios paulistas em 1990 que mencionavam o dia 13 de julho como Dia do Rock.

Que loucura, não?

Houve algumas “manifestações” de especialistas musicais, para que fosse dia 5 de julho,  quando, em 1954, Elvis Presley gravou uma versão mais rápida do blues That’s All Right e 9 de fevereiro, quando, em 1964, a banda The Beatles se apresentou pela primeira vez nos EUA.

Independentemente, nós brasileiros seguimos comemorando no dia de hoje e fim de conversa!

Eis aqui a minha playlist 🎧

Obviamente que ainda faltam muitas músicas, coloquei apenas o básico que eu amo e viva o rock!

2

Playlist Motivacional #JoyEJulhoTodoDia3

Olá amigos, tudo numa boa?

A meta do dia é criar uma playlist motivacional, o que foi um pouco complicado, já que eu conheço muitas músicas que me motivam e se fosse selecionar todas, iríamos ficar ouvindo essa playlist por anos – exagerada.

Sem muita enrolação, vamos ao que interessa!

Apenas algumas das músicas que me deixam com vontade de sair cantando pelas ruas. E vocês? Quais as músicas que motivam seus dias? Deixe aqui nos comentários!

Até mais, beijos! 💜

The Killers

~SURPRISE!!!~

OI GENTE! COMO TÁ DO LADO DAÍ?

Estou voltando para o meu cantinho tão amado, senti muita falta disso tudo aqui, mas foi preciso me ausentar. A semana está recheada de posts – sim, você leu certo, é só aguardar! – e tudo no jeitinho de sempre, para não perder a essência né?

E hoje, venho indicar mais uma banda para vocês que provavelmente algumas pessoas já conhecem ou já ouviram alguma música deles, mas é aquela coisa né? Conhece mas não sabe quem canta – quem nunca?

A indicação da vez é a banda The Killers, formada por Brandon Flowers, Dave Keuning, Mark Stoermer e Ronnie Vannucci, que se formou em 2002, em Las Vegas nos Estados Unidos.

The-Killers.jpg

The Killers traz toda a energia dos anos 80, com influencias de Duran Duran, The Psychedelic Furs, The Cure e Television, com um estilo de roupagem moderna e o uso de sintetizador, só afirma isso. Além do som moderno e com influências de grandes bandas, as músicas são muito criativas e ricas, como por exemplo as canções “Mr. Brightside”, “Somebody Told Me” e “All These Things That i’ve Done”.
Muitas vezes pode ser chamado de “pop”, porque são raras as músicas que contém o peso de guitarra, não agradando quem curte o heavy metal.

Um pouco da história…

The-Killers-wallpaper-the-killers-31819439-1280-800

De início a banda era formada apenas por Brandon e Dave, com as linhas de bateria e baixo, sendo realizadas eletronicamente. E foram eles que decidiram que a banda iria se chamar The Killers.
Quando foi em 2002, eles decidiram chamar um baixista e um baterista, que foram Matt Noezoss e Dell Stir. E apesar de muitos ensaios, fizeram poucas apresentações e logos o baixista e o baterista, saíram da banda, fazendo com que um fã da banda se candidatasse a vaga de baterista, que foi nada mais, nada menos que Ronnie Vannucci. Aproveitando a deixa, indicou Mark Stoemer para ser o baixista da banda, e deu certo.

Logo, eles compuseram suas primeiras músicas, como “Desparate”, “Under The Gun”, “Replaceable”, além de “Mr. Brightside”. A banda lançou seu álbum de estreia em 2004, intitulado de “Hot Fuss“, com uma sonoridade meio dançante que lembrava bandas da década de 1980.
Com os sucessos “Mr. Brightside” e “Somebody Told Me” a banda estourou rapidamente no mundo todo, alcançando a primeira posição nas paradas inglesas e ganhando 7 discos de platina e chegando à 7ª posição na Billboard 200 na sua terra natal com 3 discos de platina.
Os críticos elogiaram muito o trabalho da banda também, intitulando a banda como New Wave e Dance Rock. Além disso o clipe de “Mr. Brightside” foi passado exaustivamente na MTV americana, aumentando ainda mais a divulgação do trabalho da banda.

The-Killers-Lolla-Br-2013.jpg

“A banda dos festivais”, tocando em festivais como Reeding & Leeds, Lollapalooza e muitos outros.

Em 2006 finalmente veio o álbum “Sam’s Town”, aquele que seria um divisor de águas, o álbum dos extremos. Que era o oposto do primeiro álbum. “Hot Fuss” ficou marcado pelos efeitos, sintetizadores e músicas dançantes, já “Sam’s Town” era o contrário, tendo como destaque, guitarras distorcidas e praticamente nenhum efeito.
Houve controvérsias, fãs e críticos ou adoravam o álbum, dizendo que era a salvação do rock moderno ou não chegava aos pés de “Hot Fuss”. Independentemente disso tudo, o álbum vendeu cerca de 4 milhões de cópias ao redor do mundo, trazendo novos fãs para a banda.

Ufa! 😥 Ainda falta história para contar, mas… Vamos ao que interessa, as músicas!

Playlist no Spotify 🎧

Até mais, beijos! 💜

Twenty One Pilots

Oi gente! Tudo numa boa?

Não sei se vocês se lembram, mas uma vez eu fiz um post aqui no blog, indicando o cantor James Bay. E para ser sincera, eu fiquei na divida com vocês, de indicar mais cantores e bandas – sim, eu faço as playlist, mas indicar alguém é diferente, pois falo de alguns detalhes também. Depois de um bom tempo, esse quadro voltou e venho indicar a banda Twenty One Pilots.

twentyonepilots-promo5-jabarijacobs4.jpg

Twenty One Pilots é um duo americano originário de Columbus, Ohio, que foi formada em 2009 e é composta por Tyler Joseph e Josh Dun. Eles lançaram dois álbuns independentes Twenty One Pilots (2009) e Regional at Best (2011), antes de assinarem com a gravadora Fueled by Ramen.  No ano seguinte, lançaram o primeiro álbum com esta gravadora, intitulado Vessel. Seu segundo álbum assinado, intitulado Blurryface, foi lançado em 17 de maio de 2015.

As músicas, são compostas por uma mistura de piano – às vezes, um teclado eletrônico ou um keytar – sintetizador, bateria – também misturadas com baterias eletrônicas, às vezes – vocais, e, ocasionalmente, ukulele. As músicas da banda são baseadas em poesia -escritas por Tyler Joseph e Josh Dun.Tyler Joseph afirmou que, quando a poesia fica muito longa, ele precisa começar a fazer um rap para que se encaixem nas letras

Algumas pessoas normalmente têm dificuldade para associar a banda com um gênero musical específico, já que as músicas apontam vários gêneros. E embora muitas das músicas contenham alusões à teologia cristã e tenham mensagens – mesmo que implícitas – sobre Deus, e todos os membros da banda – passados e presentes – serem cristãos, Twenty One Pilots não é considerada uma banda cristã

Tyler Joseph, o vocalista da banda, declarou em uma entrevista:

“Significa Twenty One Pilots. O logotipo significa isso. O porquê de Twenty One Pilots vem de uma de nossas músicas, chamada “Kitchen Sink”. O conceito inteiro dessa música é que eu sinto que os seres humanos estão sempre lutando, o tempo todo, quando se trata de propósito, tentando descobrir qual é o seu propósito, ou mesmo o que é propósito, qual é o significado, justificando a sua própria existência. Um monte de crianças e pessoas da minha era lutam com “qual é o significado”, e sobre o logotipo, o que significa, realmente, é que é um incentivo. Quando alguém me pergunta o que o logotipo significa para mim, o logo significa algo para mim porque eu fiz com que ele significasse algo para mim. Essa é a questão. O ponto é que eu criei algo que só eu entendo e eu decidir divulgar ou não o significado disso, é o início do propósito, para mim. O sentido de propósito para mim, é através da criação de alguma coisa, seja escrevendo letras, pintando um quadro, se expressar através da arte, seja fotografia, música ou teatro, ou o que seja. Ele não tem de ser artístico, mas se você criar algo e só você souber o significado disso, é o início de um propósito para você. Quando você está no quarto sozinho tentando decidir se quer permanecer vivo, você pode dizer a si mesmo “Eu provavelmente deveria permanecer vivo porque eu sou o único que sabe o significado dessa coisa”, de modo que o logotipo é um incentivo para as pessoas criarem. Esse é o significado.”

—Tyler Joseph explicando o logotipo da banda

12fev2017---o-duo-twenty-one-pilots-tira-as-calcas-e-recebe-o-grammy-de-melhor-performance-de-duo-ou-grupo-pop-so-de-cuecas-1486950417038_v2_1170x540.jpg

Pouco ousados, não? 

Participaram do Grammy Award neste ano e ganharam o prêmio Best Pop/Duo Group Performance com a música “Stressed Out”.

Ouça no Spotify 🎧

Beijos! 💜

Playlist: Good Good 📀

Oi gente!!! Tudo numa boa? Espero que sim 😄

tumblr_inline_oiy43mknQs1sh64oi_500.jpg

Mais uma semana começando, tudo de novo, aquela mesma rotina de quem trabalha e/ou estuda e que tem uma vida bem movimentada fica na bad. Para isso não acontecer – ou dar uma aliviada – eis uma nova playlist.
Algumas músicas eu já conhecia e não fazia ideia do nome e nem quem cantava, mas o universo conspirou ao meu favor e descobri tudo – quem mais passa por isso com frequência?

⏮⏯⏭

Beijos! 💜

Playlist Nacional

Oi gente! Tudo na paz?

tumblr_lxmzqa0FxU1rn1pizo1_500

Algumas semanas atrás, compartilhei com vocês uma playlist do meu gosto musical, ficou uma bagunça com tantos estilos diferentes, né? Então, resolvi dividir um pouco tudo aquilo em outras playlist, revelando até outros cantores e bandas que eu gosto! Começando hoje com a playlist nacional!

Essas são apenas algumas das músicas nacionais que eu curto, confesso que muitas eu nem sei o nome, mas quando toca no rádio, sei a letra todinha – quem mais se identifica? hahaha.

Logo menos, venho com mais músicas para vocês! Aguardem e beijos  😘

Estilo Musical

Salve galera! Tudo numa boa?

46d987cc42ef2ce8c87e1f085bdc3c54.jpg

Mais um post da semana maluca, e com o tema meio óbvio, é sobre músicas. Especificamente sobre o meu gosto musical. E para ser sincera, na hora que li essa sugestão, fiquei me perguntando, como vou explicar que o meu gosto musical vai de Slipknot a Wesley Safadão? É uma bagunça enorme, uma grande bola de neve!

Antes de irmos direto para as músicas, quero deixar claro que eu já tive inúmeras fases na vida em relação à música, de verdade! Acho que todo mundo passa por isso né?
E quem me conheceu a 4 anos atrás, nunca iria imaginar que aquela garota que andava toda de preto, olho pintado de preto, acessórios preto, infinitos anéis e spikes, hoje, iria levantar as mãos para o alto e gritar “vai safadão!”.

Chega de enrolação né? Essas são apenas algumas das músicas que fazem parte da minha vida desde sempre, uma mistura louca!

❤ Playlist