Uma criança peculiar

Oi pessoal!!! Tudo bem com vocês?

Esses dias eu estava pensando em quando eu era criança, como eu era, meus gostos, personalidade e tudo mais… E claro, ri muito em relembrar algumas situações e melhor ainda quando encontrei algumas fotos – que claro, fiz questão de colocar no vídeo que gravei para vocês. 👧

Agora, assista ao vídeo que tá muito legal e divertido, garanto que você não vai se arrepender! 😉

UMA CRIANÇA PECULIAR

Anúncios

Coisas de Joyce #5

Fala galera! Tudo numa boa?

BANNER.jpg

Quanto tempo não faço um “Coisas de Joyce” né? Confesso que senti saudades, mas não estava conseguindo pensar em coisas tão legais assim e resolvi deixar de lado um pouquinho este tema. Eis que num dia qualquer, pensei “por que não separar coisas nostálgicas da minha vida? ”

Claro que é impossível separar tudo em um só post, afinal, tem muita coisa que me deixa perdida no tempo. Pensei bastante e selecionei algumas músicas, desenhos e uma coisinha que provavelmente não fui a única que teve o prazer conhecer na infância.

📀 Músicas

Lonely – Akon 

Baby Boy – Beyoncé ft. Sean Paul

Mesmerize – Ja Rule ft. Ashanti

Too Little Too Late – JoJo

📺 Desenhos

As Aventuras de Jackie Chan

JACKIE CHAN

Quem nunca repetiu inúmeras vezes a frase “Umo bukai fei di tal”? Nunca se sabe quando vamos conseguir realizar um ritual de magia né? Hahaha

X-Men Evolution

X-MEN EVOLUTION

Galerinha que estudava de manhã e corria para casa, na expectativa de assistir ao desenho, me adiciona! Eu virava praticamente o Usain Bolt 😂

Agora, atenção! Quem lembra do Tic Tong? Aqueles palitinhos docinhos que a gente só encontrava no consultório médico? Gente! Fala sério! É muita nostalgia, aquilo era muito bom… E para quem não sabe do que estou falando, sinto muito, de verdade! 😐

TIC TONG.jpg

Particularmente, eu nunca tive preferência, só queria ganhar o meu e, quando não ganhava, só faltava chorar!

E vocês? Deixa aqui nos comentários se algo daqui te deixa viajando no tempo!

Até mais, beijos! 💜

Tag das 10

Salve galera! Esses dias estava pensando, nunca mais respondi uma Tag e bateu uma saudade. Como ninguém me marcou e fiquei com preguiça de procurar em outros blogs, criei uma. Espero que gostem!

ideia-1

Regras:
1 – Indicar quantos blogs desejar;
2 – Avise-os que foi marcado na Tag mandando o link do post;
3 – Colocar o link de quem te indicou e usar o selo da Tag.

1 – Uma frase.
Novas direções são sempre uma boa maneira de descobrir coisas novas.
Eu mesma inventei, sensacional né? Hahaha

2 – Um momento inesquecível.
São inúmeros momentos inesquecíveis, porém vou escolher o dia que fiz minha primeira tatuagem, que era uma coisa que eu desejava desde os meus dez anos de idade, talvez menos!

3 – Indique um livro.
Depois dos Quinze – Bruna Vieira

4 – O que te deixa feliz?
Comer e dormir! Hahaha
Brincadeirinha – ou não – ir ao shopping, ver um filme que gosto muito, ouvir minha música favorita, amigos, família… não tem como escolher uma única coisa!

5 – Qual a primeira lembrança que vem na cabeça ao ouvir a palavra “infância”?
Na verdade, veio duas, que é eu brincando com minhas bonecas no meio do quarto e eu dando “aula” para meus alunos imaginários! Que saudade…

6 – Uma música.
Not A Bad Thing – Justin Timberlake

7 – Um lugar especial? Por que?
Rio das Ostras. O motivo eu não sei explicar, sério! Simplesmente, amo aquele lugar!

8 – Uma cor.
Preto.

9 – Um blog.
Depois dos Quinze.

10 – O que o blog significa para você?
Tudo! É minha terceira casa, é onde consigo ser eu mesma, posso compartilhar minhas ideias e dividir algumas dores, como não conseguir comer um doce japonês. Não vou prolongar o significado, se não vou chorar, juro!

Blogs indicados

❤️ Devaneios da Lua; ❤️ Terapia da Vida Real ❤️

❤️ A Bookaholic Girl; ❤️ Em Frente; ❤️ Loucuras de Júlia ❤️

Não esqueçam de deixar o link das respostas de vocês aqui nesse mesmo post! E quem quiser participar, fique a vontade ❤️

 

Coisas de Joyce #2

Oi gente!! Fico muito feliz que tenha dado certo o primeiro “Coisas de Joyce”, os comentários foram incríveis, descobri que não fui a única a ter uma decepção por não ter tido alguns brinquedos, até teve relatos parecidos. E como o resultado foi perfeito, cá estou eu com o #2 post, dessa vez para falar dos jogos de computador que marcaram minha vida!

#2

The Sims

Foi o primeiro jogo que tive contato e foi vício imediato, que dura até hoje! Joguei todas as gerações do TS, com direito a todas as expansões e pacotes especiais. Foram horas e horas jogando, inúmeras famílias criadas, histórias baseadas em fatos reais – até uma casa inspirada no BBB eu fiz (risos). Sem contar com um pequeno detalhe, eu converso com os Sims!

Mortal Kombat

MORTALKOMBAT.png

Quem iria imaginar que essa pessoa aqui, sensível como uma flor, já jogou Mortal Kombat? Pois é! Sinto muito em desapontar vocês, mas foram horas jogando e assistindo o meu primo jogar, foi com ele que aprendi a jogar e me viciei!

Street Fighter

streetfighter

Mesma história do Mortal. Horas e horas na frente do computador, gritando quando perdia e quando ganhava também, batia na mesa na hora da “raiva”.Era uma loucura…

The Duel

theduel1

Um dos melhores jogos, sério! Até porque eu tinha sede de subir de lvl, o que me dava ainda mais inspiração para jogar. E foi também através do meu primo que conheci o jogo e aprendi as técnicas, como que trocava de um equipamento para outro, como subia nas paredes… enfim, amava demais! Hoje, o jogo está com o nome um pouco diferente, Gunz: The Duel. Nunca mais joguei, então não sei se é a mesma coisa de antes.

Acredito que alguém já tenha jogado algum destes jogos, principalmente o The Sims, não é verdade? Quais foram os jogos marcantes na vida de vocês? Deixe aqui nos comentários alguns relatos, amo ler a história de vocês ❤️

Coisas de Joyce #1

Olá pessoas incríveis! Estava eu sentada no meu querido e amado sofá, quando tive a ideia de criar posts meio diferentes, ainda não sei qual vai ser o resultado disso, mas, hoje se inicia uma saga aqui no blog, chamada “Coisas de Joyce”.

#1.jpg
E hoje eu começo falando sobre os brinquedos dos meus sonhos, confesso que tive muitos, tanto bonecas quanto ursinhos de pelúcia, mas as malditas propagandas de televisão e nas revistas como das Lojas Americanas, insistiam em me bombardear com:

 

A casa da Barbie
Não tive o prazer de ganhar essa casa, infelizmente, mas por sorte, uma amiga de infância tinha esta casa, então, brinquei algumas vezes, assim como a casa da Polly e quase toda a coleção.

500-barbie-670

O carro da Barbie
Certo, eu tive um carro da Barbie. Porém não era o que eu queria, tive uma pequena decepção, mas ao mesmo tempo, fiquei muito feliz, pois minha mãe chegou em casa com uma caixa enorme de presente e quando fui ver, era o carro. Love u mom ❤️

new-arrival-children-s-font-b-toy-b-font-font-b-supermarket-b-font-font-b

 

Caixa Registradora
Posso confessar uma coisa? Certo dia falei para minha mãe que um dia ainda irei comprar a caixa registradora, na hora obviamente ela achou que eu estava brincando, só que não gente! Claro que eu não vou usar – ou vou, quem sabe – mas, é um sonho que tenho desde pequena, não consegui esquecê-la. Que culpa eu tenho?

 

Quadro Negro
Quem nunca quis ter um desses? Era meu sonho, na verdade acho que até hoje é, adoro escrever coisas aleatórias e fazer pequenos desenhos, por exemplo a porta do meu quarto tem uns desenhos, como o filtro dos sonhos e outros. Mas o quadro negro na época era para “dar aulas” – eu falava sozinha e queria dar aulas para os alunos invisíveis – e como não tinha, escrevia no espelho do armário com caneta de quadro branco.

“Mas Joy, por causa disso você não teve uma infância feliz?”

Claro que tive, sinto muitas saudades inclusive, acho que todos nós sentimos, não é mesmo? Aquela frase “sombra e água fresca” se encaixa direitinho nessa época, assistir desenhos, brincar o tempo que fosse, dormir até tarde – opa, essa eu faço ainda (risos).
Minha infância foi repleta de momentos bons, e na maioria deles era brincando sozinha no meu quarto, com minhas bonecas ou o espelho com os alunos invisíveis, só isso bastava – desde nova era meio anti-social (risos).

Alguém mais se identifica comigo em relação a esses brinquedos? Deixe aqui nos comentários um relato sobre sua infância + brinquedos dos sonhos!

Próxima Versão

tumblr_lw0ggjf0yq1r7x82ko1_500

Ei, você aí. Me dê um minuto de atenção, ou quem sabe algumas horas, preciso que me escute. Não se assuste, no momento pode parecer estranho olhar para mim e talvez encontrar detalhes que soa familiar. Sabe porquê? Eu sou a sua próxima versão. Primeiro quero que saiba que não vai mudar muito, continuará tendo esses olhos tão lindos, que dizem tudo que se passa aí dentro. Olhando bem, as únicas mudanças é que você vai crescer e perder essa barriguinha aí, que na verdade é tudo doce. Por falar nisso, toma aqui umas balas e sente-se, vamos conversar.

Não sei como lhe falar, mas em alguns anos, suas preocupações não serão apenas se vai dar tempo de assistir As Três Espias Demais na volta do colégio e seus momentos de tristezas não serão apenas por não conseguir aquela tão sonhada máquina registradora, igual as de supermercado. Muita coisa vai mudar, irá criar inúmeros laços de amizade, terá algumas desilusões, mas logo vai passar e vai perceber que não passava apenas de imaginações infantis. Acredite em mim.

Na escola, quando misturar letras e números na matemática, aí sim o problema começa, vai ter algumas dores de cabeça, dificuldades, mas fique tranquila, você nunca irá repetir de série, devido sua determinação para conseguir o que quer.
Por falar nisso, eis que um ponto positivo na sua vida, o bichinha teimosa viu? Quando quiser algo, vai atrás mesmo, fará o possível e o impossível para ter o que deseja sem passar por cima de ninguém, porque aprendeu a ser honesta. Talvez muita gente venha a ter inveja de sua coragem e otimismo, por onde passar vai deixar sua marca, boa ou ruim, vai depender da percepção de cada um.

Dentre muitas qualidades, também vai haver muitos defeitos e um deles será o mais difícil de deter, o seu orgulho. Sei que em alguns momentos vai ser necessário, talvez a única saída seja essa, mas em grande parte, seu orgulho vai aflorar por motivos bobos, fazendo com que perca grandes chances de ser feliz, acredite! Mas no fundo, tudo vai valer a pena.

Independente de tudo isso, vai ser feliz ao lado de pessoas incríveis, vai ter aquela pessoa especial. E o mais importante, seja você mesma sempre, nunca abaixe a cabeça para ninguém, siga sua intuição, que vai ser algo muito importante nas suas decisões.